Rodrigues, o tipo que foi longe-José V. de Faria-contos 3º grau-Ep. V
Contos de 3.º Grau...
Publicado a 24 de Abril de 2017

Rodrigues, o tipo que foi longe por José Veiga de Faria nos contos de 3º grau - História 16/Episódio V

Contos de 3.º Grau...

Clube de Matemática SPM

Facebook Clube SPM

Título: “Rodrigues, o tipo que foi longe” - História 16

         Episódio I - Sílvio Gama                     Episódio II - Carlos Marinho             Episódio III - Gonçalo F. Gouveia
         Episódio IV - José Carlos Santos        Episódio V - José Veiga de Faria


       


Episódio I por Sílvio Gama - Dia 1


Ler aqui.


Episódio II por Carlos Marinho - Dia 6


Ler aqui.


Episódio III por Gonçalo F. Gouveia - Dia 12


Ler aqui.


Episódio IV por José Carlos Santos - Dia 18


Ler aqui.


Episódio V por José Veiga de Faria - Dia 24


Foi então que entrou a Sílvia, a sua secretária, agitada, eufórica, que, aproximando-se, lhe segredou ao ouvido:
 - Está o Primeiro Ministro ao telefone. 
Rodrigues saiu de rompante, tropeçando antes de agarrar o auscultador.
 – Senhor Primeiro Ministro! disse em êxtase: 
-Oh! Rodrigues, preciso de falar consigo homem. Pelo que me têm dito você é dos nossos. Sabe, como isto está, mais cinco anos e é a bancarrota. É o tempo que temos para nos encher à fartazana. Conto consigo, com o seu patrão e a mulher. Trabalho bem feito é o que eu quero: não deixar rasto…
Rodrigues extasiava com a oportunidade. E o patrão, e a mulher, de ambos caramba: que equipa!
Quando lhes deu a novidade só os ouviu dizer em coro: 
- Oh! Sílvia traz uma garrafa de champanhe aqui para a malta; saiu-nos a sorte grande p***a!
  - E uns tremoços e amendoins, acrescentou o patrão.
Possuídos por uma ganância infrene tinham-se esquecido da criança… de tudo aliás!...
A empregada da limpeza, séria, diligente, que levava a peito o seu humilde trabalho, murmurou para si mesma: 
- E eu que me levanto tão cedo para pagar os meus impostos…


FIM