As cinquenta sombras do coração por Carlos Marinho - Episódio V
Contos de 3º Grau...
Publicado a 24 de Junho de 2017

As cinquenta sombras do coração por Carlos Marinho nos contos de 3º grau - História 18/Episódio V

Contos de 3º Grau...

Clube de Matemática SPM

Facebook Clube SPM

Título: “As cinquenta sombras do coração” - História 18

      Episódio I - Gonçalo F. Gouveia             Episódio II - José Carlos Santos                 Episódio III - José Veiga de Faria
      Episódio IV - Sílvio Gama.                      Episódio V - Carlos Marinho

   



Episódio I por Gonçalo F. Gouveia - Dia 1


Ler aqui.


Episódio II por José Carlos Santos - Dia 6


Ler aqui.


Episódio III por José Veiga de Faria - Dia 12


Ler aqui.


Episódio IV por Sílvio Gama - Dia 18


Ler aqui.


Episódio V por Carlos Marinho - Dia 24


Ramiro Martelo foi levado para uma sala de interrogatório na esquadra. Dois policias com cara de maus estavam com ele em silêncio. Lá foi dizendo umas marteladas: “Eu não fiz nada! Acreditem! Sofro de asma, sou diabético, tenho ataques de pânico... Sou um funcionário exemplar das finanças! Eu sei que sou pior que o fisco espanhol! Meu Deus, 40 anos de trabalho por água abaixo. Persigo os contribuintes que não pagam. Mas é para credibilizar o sistema”.
Nisto Ramiro desmaia. Parece grave. Aflitos os policias chamam o Inem. Vai para o hospital de urgência. Notava-se na esquadra uma agitação e telefonemas fora do normal. No dia seguinte, já recuperado na cama 18 do piso 3 do hospital da zona, Ramiro recuperava, mas preso à cama com algemas. Acordou e voltou a reclamar inocência. Eu não fiz nada! Nisto entraram no quarto muitas pessoas. O primeiro da fila parecia ser o ministro do trabalho e segurança social que referiu: Parabéns, Ramiro! Você é o primeiro português  a ter a reforma completa sem penalizações com 40 anos de serviço. A lei foi promulgada hoje em diário da república. E continuou: - Você foi um exemplar funcionário do fisco. Mais papista que o Papa, é verdade. Mas encheu os cofres ao Estado. Os seus amigos montaram toda esta marosca que eu anuí. Teve piada, não teve?
Ramiro pálido e fraco olhou toda aquela gente e...desmaiou de novo.


FIM