Nuno Arala Santos - Entrevistado clube spm de julho de 2017...
Clube Matemática da SPM - Clube Entrevista
Publicado a 01 de Julho de 2017

Nuno Arala Santos - Entrevistado clube spm de julho de 2017...

Clube Matemática da SPM - Clube Entrevista

 

Clube de Matemática SPM

Facebook Clube SPM   


Nuno Arala Santos é o convidado do clube spm do mês de julho de 2017. Nuno foi um dos melhores concorrentes das olimpíadas portuguesas e internacionais da matemática e é atualmente aluno de matemática da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. O Clube SPM quis saber as razões das suas escolhas que passam pela melhor ciência do planeta, a matemática. O que é feito do Nuno após a aventura nas olimpíadas? Porquê a aposta integral na matemática? A FCUP, o Projeto Delfos, as Olimpíadas de Matemática são outros temas abordados nesta entrevista que não pode perder aqui...


 

 

Quando é que sentiste que a matemática era a tua disciplina preferida?
Embora sempre tenha gostado vagamente de Matemática, só percebi que era o meu assunto de eleição quando participei pela primeira vez nas Olimpíadas Portuguesas de Matemática; estava então no oitavo ano. As Olimpíadas abriram-me portas para conhecer a Matemática na sua forma mais natural, sem os condimentos a que é sujeita na escola, que geralmente apenas contribuem para lhe tirar o sabor.
  
O matemático inglês Marcus Du Satoy refere que “a marca de um grande matemático é alguém que não só decifra um grande problema aberto que derrotou gerações anteriores de matemáticos, mas que, em seguida, passa a criar ferramentas para as gerações futuras.” Concordas com ele?
O progresso na Matemática possui essencialmente duas facetas, a resolução de problemas e a descoberta de novas teorias/ferramentas. São dois aspectos fundamentais no desenvolvimento da área e, embora estejam intimamente ligados, cada um vale por si e não me parece justo desvalorizar o primeiro face ao segundo.



O que é o Projecto Delfos?
O Projecto Delfos é uma Escola de Matemática para Jovens, que funciona na Universidade de Coimbra sob a forma de estágios aproximadamente mensais, organizados em alguns fins-de-semana. Embora destinado a alunos em geral com interesse na área, o Projecto Delfos tem como um dos seus fins a selecção e preparação das equipas que representam Portugal nas diversas competições internacionais de Matemática em que o país participa.



Nuno Arala Santos / Alberto Pacheco / David Andrade / Francisco Andrade


Participaste em várias olimpíadas da matemática nacionalmente e a nível internacional ganhando medalhas para Portugal. Como foram essas experiências?
Foram experiências muito marcantes e que me permitiram crescer, tanto a nível matemático como a nível pessoal. Foram uma oportunidade única de me dedicar bastante a algo de que gostava na companhia de um grupo de amigos com os mesmos interesses, o que dá uma satisfação difícil de descrever por palavras. 


Sempre foste um excelente aluno até ao final do secundário. Podias escolher um curso qualquer, de medicina, engenharia... Porque escolheste o curso de matemática?
A resposta é simples: porque gostava mais de Matemática. Não faria sentido escolher outro curso com médias de entrada mais exigentes apenas para “aproveitar a média”.
 
És aluno da FCUP em matemática. Como está a decorrer o curso? 
Tem sido uma experiência agradável, e tenho aprendido bastante em várias áreas do meu interesse.



Albert Einstein disse "a coisa mais bela que podemos experimentar é o mistério. É a fonte de toda a verdadeira arte e ciência." Esperas encontrar este fascínio nesta área?
Sim, de certo modo a curiosidade sobre o que falta conhecer é um dos aspectos fascinantes da Matemática.


Carlos Marinho