O matemático Bernhard Bolzano nasceu a 5 de outubro de 1781...
Clube SPM - Símbolos & Figuras
Publicado a 05 de Outubro de 2017

O matemático Bernhard Bolzano nasceu a 5 de outubro de 1781...

Clube SPM - Símbolos & Figuras 

Clube de Matemática SPM

Facebook Clube SPM


Bernhard Bolzano...




Bernhard Bolzano nasceu em Praga, na República Checa a 5 de outubro de 1781. O seu pai foi um comerciante de artes, profundamente católico, passando para Bolzano o gosto pela religião. Mais tarde, o jovem Bernard estudou teologia, matemática e filosofia na Universidade de Praga. Foi ordenado sacerdote da Igreja Católica em 1805 com apenas 24 anos.  Posteriormente, pelo seu carisma e dinamismo foi convidado a ministrar uma cadeira de ciência da religião criada com o objetivo de combater o ateísmo e as ideias oriundas da Revolução Francesa. Foi um defensor acérrimo de uma reforma educacional aberta e bateu-se exaustivamente pelos direitos da consciência individual sobre as exigências do governo austríaco e discursou sobre os absurdos da guerra e do militarismo. Em consequência de todo este posicionamento, em 1819 ficou proibido de exercer qualquer actividade académica. A razão era evidente, as suas posições críticas sobre as condições sociais vigentes no Império Austríaco. Em 1824 foi obrigado, por pressão do Imperador Franz I da Áustria a reformar-se.  


Bolzano sentiu-se desde sempre atraído pela metodologia da ciência e da matemática, em particular, pelo cálculo e pela lógica. Foi no período desta proibição que escreveu a sua principal obra filosófica, o "Wissenschaftslehre" (Doutrina da Ciência). Este posicionamento de afronta ao governo vigente iria trazer-lhe alguns dissabores. Foi um momento conturbado na sua vida, uma vez que não tinha rendimentos regulares, passou a ser sustentado por amigos e por ex-alunos.  Apesar de tudo, foi uma época de excelência e muito importante. Bolzano, viria a influenciar definitivamente o desenvolvimento da semântica moderna. Esta seria apontada por muitos como sendo a primeira obra a localizar as fontes do conhecimento humano na linguagem.


Embora Bernhard Bolzano estivesse distante do grande centro científico da época, situado na capital francesa, o seu contributo foi fundamental no desenvolvimento da matemática. Os seus estudos científicos eram muito avançados para a altura, em particular, nos fundamentos de vários ramos da matemática, como a teoria das funções, a lógica e a noção de cardinal. Depois de demonstrar o teorema do valor intermédio, deu o primeiro exemplo de uma função contínua não é derivável em nenhum ponto do conjunto dos números reais. No campo da lógica, estudou a tabela de verdade de uma proposição e introduziu a primeira definição operativa de dedutibilidade. Estudou os conjuntos infinitos, escrevendo os "Paradoxos do Infinito" lançando as bases para a construção da teoria dos conjuntos por Georg Cantor.   

    

Uma coisa ninguém tem dúvidas, que Bernhard Bolzano foi um extraordinário matemático a apaixonado pela ciência. 


Morreu em 1848 aos 67 anos.


Por Carlos Marinho