Xeque Mate(mática) por Pedro Cardoso - A Defesa Francesa

Eixos de Opinião de Setembro de 2019

 

Pedro Cardoso - Professor de Matemática do Ensino Básico e Secundário (Ver +)


Título: A Defesa Francesa

A defesa francesa conduz a uma complicada luta de manobras e exige do jogador das negras uma defesa longa e exata.

Chega-se à defesa francesa depois dos seguintes lances:

1. e4         e6
2. d4        d5

 
Defesa francesa

As negras lutam pelo centro jogando o peão para d5 apoiado pelo peão em e6.

3. Cc3       Bb4
4. e5            c5
5. a3      Bxc3+
6. bxc3     Ce7
7. Cf3     Cbc6
 

Esta posição está repleta de desequilíbrios. A estrutura de peões centrais para o meio jogo está definida. As brancas procuram jogar na ala do rei, onde têm mais espaço, e as negras procuram jogar mais na ala da dama, onde também têm mais espaço. As brancas têm o par de bispos e domínio das casas negras devido a terem o bispo de casas negras e as negras já terem trocado o seu bispo de casas negras por um cavalo. As negras têm um problema adicional: o seu bispo de casas brancas é mau, isto é, os peões centrais negros estão fixos em casas brancas, obstruindo assim, o seu bispo de casas brancas. Este bispo negro de casas brancas problemático, pode causar dificuldades às negras mesmo no fim do jogo. Por sua vez, a estrutura de peões brancos apresenta uma debilidade, com os peões brancos na coluna c dobrados. O jogo branco pode continuar com o desenvolvimento dos bispos para e2, d2 e rocar na ala do rei, com o pequeno roque. O jogo negro pode seguir com o bispo para d7, jogar a dama para a ala da dama e rocar na ala da dama, com o grande roque.

Publicado/editado: 12/09/2019