Se e Só Se por José Carlos Pereira
Clube de Matemática SPM - Janeiro de 2018
Publicado a 03 de Janeiro de 2018

               


Nesta coluna pretendo partilhar todos os meses a minha opinião sobre questões relacionadas com a Matemática e com o seu ensino. Os leitores são convidados a comentar, com argumentos a favor ou contra, aliás é esse o objectivo desta coluna: discutir diferentes pontos de vista sobre o tema do artigo (dia 3 de cada mês).


José Carlos da Silva Pereira – Professor de Matemática, autor de livros escolares e responsável pelo site Recursos para Matemática. Ler artigos anteriores aqui.



Se e Só Se por José Carlos Pereira - Finalmente, Alguma Informação!

Clube de Matemática SPM - Janeiro de 2018

Clube de Matemática SPM

Facebook Clube SPM


Título: Finalmente, Alguma Informação!


Este é o primeiro de um conjunto de textos que pretendo escrever até Maio, sobre o Exame Nacional de 2018, agora que já estão publicadas informações oficiais sobre a prova. 

Deste 2015, ano da implementação do Novo Programa, muitas foram as vozes, a minha incluída, que pediram, insistentemente, que fossem disponibilizadas as informações sobre o exame de 2018. Durante estes três anos, alunos e professores trabalharam sem terem a noção de como seria a prova. 

Finalmente, em meados de Outubro de 2017, saiu a primeira nota informativa do IAVE sobre a referida prova. Com ela confirmámos o que já se sabia: a prova teria dois cadernos, o caderno 1, onde é necessário o uso da calculadora e o caderno 2, onde a calculadora não é permitida; o tema “Primitivas e Integrais” não seria um conteúdo avaliado na prova; os conteúdos objecto de avaliação seriam os comuns aos dois últimos programas; a prova iria ter itens em alternativa. Esta última informação, na altura, ainda levantava algumas dúvidas: como seriam esses itens em alternativa?

Com esta primeira nota ficámos também a saber os grandes temas em que a prova incidiria e os conteúdos específicos que poderiam ser objecto de avaliação nos itens em alternativa, que podem ser consultados aqui. A duração da prova será de 75 minutos, com 15 minutos de tolerância, para cada caderno.

Eram informações escassas e que vinham com dois anos de atraso, mas sempre era melhor do que continuar na escuridão. 

Nesta altura ainda havia a esperança que o IAVE disponibilizasse uma prova modelo, apesar do seu responsável ter descartado essa hipótese. Com as duas notas publicadas a 15 de Dezembro essa esperança desvaneceu-se. Em minha opinião, é uma posição que não contribui para a confiança dos alunos e para um trabalho sustentado por parte dos professores. Os últimos três anos não têm sido fáceis e uma prova modelo seria uma importante ferramenta. As razões apresentadas pelo IAVE podem ser lidas aqui.

A informação complementar disponibilizada nesta data, 15 de Dezembro, permitiu esclarecer algumas questões. Ficou então claro que os temas “Estatística” e “Primitivas e Integrais” não serão objectos de avaliação na prova deste ano e que o tema “Lógica e Teoria dos Conjuntos” terá um tratamento idêntico ao que teve nos anos anteriores. Muito importante foi saber a natureza dos itens em alternativa. Estes, apenas serão de escolha múltipla pelo que os itens de resposta aberta incidirão sobre os componentes comuns aos dois programas. Nestes itens a escolha da alternativa é completamente livre, isto é, um aluno que tenha estudado pelo programa anterior pode responder a uma alternativa do programa novo e vice-versa. No documento são apresentados alguns exemplos deste tipo. 

Também foram esclarecidas questões como a definição de limite segundo Heine e a escrita de um número complexo na forma trigonométrica, ambas divergentes nos dois programas. De forma a não prejudicar ninguém, os itens e os critérios de classificação serão construídos de modo a ter em conta essas divergências. No caso da escrita de um número complexo na forma trigonométrica é apresentado um exemplo de item bastante claro.  

Nos próximos textos escreverei sobre algumas questões mais específicas e que em meu entender são pertinentes. 

Como estamos no início do ano, desejo a todos os leitores um (1+2)3+4−5×(6×7−8)+90 cheio de sucessos a todos os níveis. 

Deixe o seu o comentário sobre este artigo na página do Facebook do Clube SPM.