Novo Ano por Carlos Marinho - História 24 (Parte 3)
Contos de 3º Grau
Publicado a 12 de Janeiro de 2018

Novo Ano por Carlos Marinho - História 24 (Parte 3)

Contos de 3º Grau

Clube de Matemática SPM

Facebook Clube SPM

Título: Novo Ano

        

  


Episódio I por José Veiga de Faria - Dia 1


Naquele primeiro dia do ano o João abriu a janela e estendeu o olhar para o extenso parque coberto de neve. Ela caía docemente, tudo estava calmo, como se a humanidade tivesse decidido pôr-se em pausa para descansar e repensar-se. A sua jovem mulher enroscou-se nele para partilhar a vista, os sentimentos e quiçá o pensamento. O João  beijou-a docemente enquanto sussurrava: será que este ano vai ser diferente? Ficaram uns minutos a contemplar o maravilhoso espectáculo da neve a cair até que a Marta se afastou para preparar o pequeno almoço.

- A Susana e o Luís devem estar a acordar, vou preparar um pequeno almoço à altura…

A Susana era a única filha de ambos, casada com o Luís, ela gestora ele engenheiro informático. Estavam a começar a vida mas o arranque não estava a ser fácil. 

O João ligou a televisão e sintonizou o novo Canal  Novo Futuro mesmo na altura em que começavam as notícias.

- O Senado americano vai apreciar um pedido de impeachment do Presidente, por incompetência na condução dos assuntos de estado, por criar divisões entre os americanos e colocar a estabilidade e paz no mundo em perigo……….. O Papa Francisco convidou os líderes religiosos para uma reunião em Assis para dirimir diferenças e conseguir uma união de esforços à volta de verdades  eternas comuns:  Amor e Cooperação… a União Europeia decidiu lançar um ambicioso plano de acolhimento e integração de refugiados ao mesmo tempo que decide investir num poderoso sistema de informações e criar um fortíssimo exército comum de defesa…”se queres a paz prepara a guerra” lembrou o general Mac Smith……, ia debitando a locutora….

- Mãe que cheirinho a café, disse a Susana com ar ainda ensonado. Sabem que o Luís e eu tivemos uma ideia brilhante? Vai-nos permitir viver e ajudar a viver; … e a Net vai potenciar os nossos planos… 


Episódio II por Sílvio Gama - Dia 6


- Nada como ter boas ideias para enfrentar o ano que agora começa.... Uma grande chávena de café para ti... toma lá... tens aqui estes dois tipos de cereais, mais estas panquecas acabadas de fazer e estas compotas maravilhosas...  
- Sempre a fazer-me miminhos, mamã... olha que eu não quero engordar. Papá, que notícias estão a passar na televisão? 
- Bem, já sabes... ano novo, notícias velhas. As do costume... o capitão Silva que fala dos acidentes rodoviários da época natalícia, o Rui Santos e a sua gravata nova a intelectualizarem as trivialidades desportivas... olha ele divagou uns bons minutos sobre a hora do jogo Sporting-Benfica versus o interesse dos adeptos... o twitter do Trump, a mensagem de ano novo do Papa Francisco, os amigos portugueses de Madonna, o novo look da Rita Pereira, o PAN contra a utilização de animais nos vídeos da Ana Malhoa, ... que mais queres saber? 
- Hey... João... começamos o ano com mau humor? – Perguntou-lhe a Marta, enquanto lhe dava um beijo na orelha. 
– Toma! Este café é para ti. Mas... o Luís não vem? Podemos tomar o pequeno-almoço todos juntos. 
- Espera, mamã, vou chamá-lo. 
A Susana, apressada, dirigiu-se ao quarto de ambos e, para sua surpresa, encontrou o marido, completamente nu, somente com a cartola, que o Fernando Medina ofereceu para a celebração da chegada do novo ano, na cabeça. 
Candidamente, disse-lhe: 
- Querida, já podemos ir?


Episódio III por Carlos Marinho - Dia 11


Vá lá, Luis, deixa-te de brincadeiras! Veste-te e anda para a sala.
Nisto aconteceu o impensável. Ouviu-se um estrondo enorme começando a casa a tremer, com as paredes a quererem ceder a qualquer momento, quadros a cair, jarras partidas no chão, a luz do tecto a falhar...
Susana gritou: - é um tremor de terra... anda, vamos lá para fora.
Luis, de cartola na cabeça, não sabia o que fazer. Não tendo tempo para se vestir, pegou no edredão da cama, enrolou-o à volta do corpo, de cartola na cabeça pôs os pés ao caminho.
À passagem pela sala passou pela sogra que incrédula e assustada referiu:
- Que vestimenta é essa?
Sem parar de correr disse com alguma graça no meio daquela desgraça:
- É a nova moda outono/inverno...
Em segundos estavam todos lá fora...


Episódio IV por Gonçalo F. Gouveia - Dia 16


Episódio V por José Carlos Pereira - Dia 21

 


Episódio VI por José Carlos Santos - Dia 26

FIM