A Vida e Obra do Matemático francês Henri Poincaré

Vida e Obra do Matemático...
 

Vida e Obra de...

Jules Henri Poincaré foi um matemático, físico e filósofo francês.   

Ingressou na Escola Politécnica em 1873, continuando os seus estudos na Escola de Minas sob a tutela de Charles Hermite. Doutorou-se em matemática em 1879. Foi nomeado professor de física e matemática na Sorbonne (1881), cargo que manteve até morrer. Antes de chegar aos trinta anos de idade trabalhou em funções automórficas, usando-as para resolver equações diferenciais lineares de segunda ordem com coeficientes algébricos. Em 1895, publicou Analysis Situs, um tratado sistemático sobre topologia. No âmbito das matemáticas aplicadas estudou numerosos problemas sobre óptica, eletricidade, telegrafia, capilaridade, elasticidade, termodinâmica, mecânica quântica, teoria da relatividade e cosmologia.   

Foi descrito com frequência como o último universalista da disciplina matemática. A conjectura de Poincaré foi um dos problemas não resolvidos mais desafiantes da topologia algébrica, sendo resolvido apenas em 2003 pelo matemático russo Grigory Perelman, mais de um século após sua proposição. Foi o primeiro a considerar a possibilidade do caos num sistema determinista, num trabalho sobre órbitas planetárias. Este trabalho teve pouco interesse até que começou o estudo moderno da dinâmica caótica, em 1963. Em 1889, foi premiado pelos seus trabalhos sobre o problema dos três corpos.   

Dos seus trabalhos mais importantes incluem-se os três volumes de "Os novos métodos da mecânica celeste" ("Les méthodes nouvelles da mécanique céleste"), publicados entre 1892 e 1899 e as "lições de mecânica celeste" ("Léçons de mécanique céleste", 1905). Também escreveu numerosas obras de divulgação científica que atingiram uma grande popularidade, como "ciência e hipótese" (1902), "o valor da ciência" (1904) e "ciência e método" (1908). (cit. wikipedia)   

Conjectura de Poincaré é a Descoberta do Ano de 2006... 


  
    

Medalha Fields 2006...


Não foi na Física, nem na Química, nem sequer em Biologia a maior descoberta científica de 2006, segundo a revista “Science” foi na área da Matemática. A prova da Conjectura de Poincaré. O problema foi resolvido pelo matemático russo Grigori Perelman, um século depois de ter sido formulado por Henri Poincaré. Perelman foi premiado com a Medalha Fields 2006 por ter alcançado a solução para o problema que durante tanto tempo atormentou cientistas de todo o mundo. 

Curiosidade de Perelman...


Curioso, foi o matemático Gregory Perelman ter recusado o prémio afirmando ser completamente irrelevante para ele a conquista deste estatuto. A Conjectura de Poincaré é uma das questões centrais da topologia, uma área da Matemática que estuda as propriedades geométricas de objectos que não mudam quando são distorcidos, esticados ou encolhidos.

Grigori Perelman nasceu em São Petersburgo, na Rússia, em 1966, faltou à entrega de um prémio de um milhão de dólares do Instituto de Matemática Clay, nos Estados Unidos.

"Não posso explicar a escolha dele, mas respeitámo-la. Ele (Perelman) não quer que interfiram na sua vida privada", declarou James Carlson, director do instituto. A organização pretendia agraciá-lo com um milhão de dólares, quantia prometida a quem resolver um dos "problemas do milénio".

Esta não é a primeira vez que o matemático russo recusa prémios e fama pelo seu trabalho. Em 22 de Agosto de 2006, no Congresso Internacional de Matemáticos, realizado na capital espanhola, em Madrid, Perelman foi contemplado com a Medalha Fields, prémio apelidado como o "Nobel da Matemática", tendo recusado de forma categórica o prestigiado prémio.

O matemático, que vive em condições modestas em São Petersburgo, é sobejamente conhecida a sua recusa em falar com a Imprensa mundial e a participar em quaisquer sessões públicas.

"O prémio é completamente irrelevante para mim", referiu Gregori Perelman, numa rara entrevista concedida à revista "The New Yorker", aquando do episódio ocorrido em 2006.

"Qualquer pessoa entende que, se a demonstração estiver correcta, não é necessário nenhum outro reconhecimento", rematou o matemático.

Link útil sobre Henri Poincaré...


Poincaré Conjecture - Fact Monster

Publicado/editado: 29/04/2019