Reptiles - Maurits Cornelius Escher

Clube de Matemática SPM

Maurits Cornelius Escher (1898–1972) foi um artista gráfico holandês. 

Quando era criança demonstrou ter sempre um lado intensamente criativo e um "agudo senso de admiração".

Escher é famoso pelos seus trabalhos que apresentam construções impossíveis, explorações do infinito, arquitetura e tesselações. As obras de Escher incluem um considerável conteúdo matemático.

Deixou-nos um trabalho fantástico onde o impossível quase que se torna credível e tangível.  

Mauritus escreveu:  

"When an element of plane division suggests to me the form of an animal, I immediately think of a volume.  
The "flat shape" irritates me - I feel as if I were shouting to my figures,  
"You are too fictitious for me; you just lie there static and frozen together; do something, come out of there and show me what you are capable of!"  
So I make them come out of the plane.  
But do they really do that?" 

("Na divisão de um plano, quando um elemento me sugere a forma de um animal, penso imediatamente num volume.  A "forma plana" irrita-me - sinto como se estivesse a gritar às minhas figuras,  
"Tu és fictícia demais para mim; só ficas aí toda estática e congelada; faz alguma coisa, sai daí e mostra-me do que és capaz!" 
Então, eu faço-as sair do plano.  
Mas será que elas realmente fazem isso?")

Deixamos a ilustração "Reptiles" que traduz a manifestação deste efeito surpreendente.

 

Fonte: https://mathshistory.st-andrews.ac.uk/Biographies/Escher/

 

Por Adília Marinho

Publicado/editado: 17/06/2022